Meu sistema de cobrança está fora do ar, o que devo fazer?

Após 18 anos acompanhando o mercado de recuperação de créditos, cansei de ouvir casos em que empresas de cobrança ficam horas ou até dias com seu sistema de gestão paralisado. Estes eventos são, além de prejudiciais para as finanças das empresas, muito desgastantes para todos os profissionais da empresa. Toda tensão da diretoria é passada para empresa abalando o bom caminhar dos processos empresariais. Para muitas equipes de TI isso é um pesadelo, pois contam com sistemas tipo “pacotinhos instalados localmente” que necessitam que o fornecedor se desloque até a empresa de cobrança para identificar a causa do problema.

Mais curioso, é ver diretores que já enfrentaram este tipo de situação mostrando, com muito orgulho para seus clientes, a sala onde os servidores da empresa estão instalados, uma vez que estas instalações domésticas para armazenamento dos servidores podem até mesmo já terem sido a causa de paralisações graves.

Claro, provavelmente o cliente não tem conhecimento algum na área de TI, porém uma coisa ele sabe: todos os servidores de bancos, financeiras, redes de varejo ou qualquer outro grande negócio, não ficam na própria empresa, e, sim, em datacenters especializados.

Mesmo montando a sala mais bonita quanto possível para colocar seus servidores e mostrar para os clientes, ela nunca chegará perto da segurança e disponibilidade que um data center pode oferecer. Um data center é uma empresa que tem como atividade fim oferecer infraestrutura de TI, por isso tudo é planejado para nunca falhar. Um data center deve contar com ao menos duas fornecedoras de energia elétrica distintas, elevado nível de controle de acesso físico aos servidores, sistemas de no-breaks e geradores de energia redundantes, sistemas de refrigeração redundante, sistema automático de extinção de incêndios e muitos outros módulos de segurança e disponibilidade.

São essas características que levam hoje muitas empresas a oferecerem software como serviço (Software as a Service – SaaS), e além de oferecerem todo gerenciamento da aplicação para não parar, ainda, oferecem o software hospedado em um data center de alta disponibilidade e segurança. Com isso, as empresas podem ficar muito mais tranquilas quanto aos seus dados e quanto à disponibilidade de seus sistemas.

Mas as empresas de cobrança podem ter os benefícios desta realidade? Existe sistema de cobrança vendido como serviço (SaaS)? Sim! É o que está fazendo a startup CABM, que oferece seu sistema de gestão de carteiras de inadimplência, o BWCS (http://www.bwcs.com.br), como serviço. Além de ser uma plataforma profissional desenvolvida ao longo de 17 anos, já oferece o sistema hospedado em um datacenter com certificado de altíssima segurança e disponibilidade, e tem tarifas bastante competitivas diante de seus concorrentes.

Com este tipo de solução sua empresa não fica parada e não precisa se preocupar com problemas que não são fruto de sua atividade fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *